icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

YouTube: criadores criticam novas regras para vídeos infantis

Petição foi criada como protesto contra a regulamentação de vídeos direcionados para o público infantil no YouTube.

No dia 5 deste mês, um grupo de criadores de vídeos no YouTube protestou contra um plano da Comissão Federal de Comércio do Estados Unidos (FTC) e até criou uma petição nas redes. A medida pretende regulamentar os vídeos direcionados para o público infantil na plataforma, porém, segundo os criadores, esse plano resultaria em prejuízos financeiros e na perda de qualidade do conteúdo. 

Vale lembrar, ainda, que em setembro a FTC multou o YouTube em US$ 170 milhões, por violação das leis de privacidade ao rastrear crianças ativas na internet. Através de um acordo, o YouTube concordou, também, em parar de exibir anúncios personalizados, que se baseiam no comportamento de navegação do usuário,  em vídeos direcionados para as crianças

Assine Oi Controle 100GB e assista ao seus vídeos preferidos no YouTube e Netflix sem se preocupar em gastar internet!

Quando as novas regras entraram em vigor?

A FTC ainda está revisando como as empresas coletam dados sobre menores de idade e essas atualizações, assim como as novas regras do YouTube vão começar a valer a partir de  janeiro. 

 

Informe Publicitário
Tim

Melhor oferta

300MB

serviços digitais

Serviços Tim
A partir de
R$
120,00

por
mês

Vivo

Melhor oferta

300MB

serviços digitais

Vivo
A partir de
R$
99,99

por
mês

Oi

Melhor oferta

200MB

serviços digitais

Serviços Oi
A partir de
R$
99,90

por
mês

Net

Melhor oferta

120MB

serviços digitais

Serviços Net
A partir de
R$
99,00

por
mês

 

Para Jeremy Johnson, criador do canal J House Vlogs e quem iniciou a petição, “os pais não estão tão preocupados com os anúncios personalizados quanto a FTC faz parecer” e pede, na petição, que as novas leis sejam adiadas. 

Já o YouTube afirmou que vai seguir as novas regras, mas que incentiva os criadores a compartilharem suas opiniões. 

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top