Android

Vem aí o Android 9 Pie GO

Atualização para Android 9 Pie Go garante 500 MB a mais no armazenamento, inicialização mais rápida, mais segurança e gestão de dados móveis.

Depois de anunciar o Android 9 (Pie), foi a vez do Google apresentar a versão Go do sistema. O lançamento foi feito no último dia 15 de agosto e promete liberar 500 MB de armazenamento em celulares que têm até 8 GB, como é o caso de aparelhos de entrada, e mais baratos, que rodam com o Android 9 Pie Go.

A última versão do Android Go (Oreo) foi anunciada no Brasil em julho de 2018 para celulares mais simples como o Alcatel 1, o Multilaser MS50G e o MS50X, além dos modelos Positivo Twist Mini S431 e Positivo Twist Metal S531. Atualmente, mais de 200 celulares usam o sistema operacional Android Go em 120 países.

Novidades do Android 9 Pie Go

Entre as mudanças do Android 8 Oreo Go para o 9 Pie Go estão a nova interface e a liberação de 500 MB de espaço interno, o que pode ser uma melhoria e tanto para quem usa celulares com 8 GB de armazenamento.

Isso porque, em um modelo com 8 GB, o espaço liberado para uso costuma ser bem menor (aproximadamente 5 GB), uma vez que o próprio sistema operacional e aplicativos pré-instalados ocupam boa parte desse armazenamento.

Os celulares com Android 9 Pie Go também passam a inicializar mais rapidamente, o que gera uma economia de tempo. Outra melhoria foi com relação à segurança, já que os smartphones com a nova versão do sistema impedem a execução de códigos provenientes de fontes desconhecidas ou inseguras.

E para acompanhar e controlar o gasto de dados móveis de internet, o Android 9 Pie Go tem uma tela exclusiva para a visualização de todas essas informações.

O que é Android Go?

O intuito do Google ao lançar uma versão Go para o sistema operacional Android foi oferecer uma experiência melhor aos usuários de celulares de entrada, que têm especificações de processador, memória RAM, armazenamento e tela mais simples.

Entre os pontos trabalhados para melhorar a experiência estão a liberação de memória interna, o desempenho aprimorado, a economia de dados, a segurança e a abertura do sistema para desenvolvedores criarem aplicativos compatíveis.

Para isso, o Android Go conta com uma interface modificada, além de aplicativos Google otimizados para as especificações mais simples dos aparelhos. Entre as aplicações com melhorias estão o Gmail, o YouTube, a Play Store, o Google Maps e até o Google Assistente, a assistente pessoal do Google que também entende comandos em português.

Na Play Store, a loja de downloads de aplicativos do Android, os apps e jogos mais leves aparecem em destaque, por exemplo, ajudando o usuário a manter o bom desempenho do celular.

Outros fabricantes já haviam lançado versões mais simples de seus aplicativos pensando no público que usa celulares básicos. Entre os exemplos estão o Skype Lite e o Facebook Lite, aplicativos de mensagem e rede social que são mais leves e otimizados para rodar em smartphones com configuração de entrada.

Assim como no Android tradicional, na versão Go desenvolvedores podem criar aplicativos compatíveis e comercializar na Play Store, já que o sistema operacional é um ecossistema aberto.

Além de oferecer aplicativos até 50 % mais leves, o Android Go também vem com menos aplicações pré-instaladas o que, segundo o Google, resulta em duas vezes mais espaço disponível no celular para o usuário gastar salvando arquivos como fotos e vídeos, por exemplo.

E não é só no armazenamento e no processamento que o Android Go economiza. A versão do sistema também ajuda a consumir menos dados móveis. Ou seja, com ele, o usuário gasta menos dados em seu pacote de telefonia móvel, o que faz com que ele dure mais tempo.

No navegador Chrome, por exemplo, o recurso de economia limita o uso de dados em segundo plano, resultando em uma economia de até 60% de dados móveis. Para facilitar esse controle, o Android Go tem um aplicativo de gerenciamento de dados para configurar quando e quais aplicativos podem gastar seus dados móveis.

Para garantir a segurança dos celulares que rodam com Android Go, existem varreduras que são feitas durante todo o dia através do Google Play Protect. De acordo com o Google, mais de dois bilhões de aparelhos são analisados 24 horas por dia.

Em caso de perda ou roubo do smartphone, o Android Go também pode ajudar. Isso porque o sistema operacional já vem com o recurso Encontre meu Dispositivo incorporado. Com ele, dá para rastrear o celular, redefinir a senha ou mesmo apagar arquivos e outros conteúdos apenas logando com a conta Google usada no aparelho.

Deixe um comentário

avatar