icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Notícias

Twitter anuncia que pode manter posts ofensivos de líderes políticos devido ao interesse público

Plataforma indicou, ainda, quais publicações podem não ser toleradas.

Com comunicação rápida e direta, o Twitter é uma das plataformas de comunicação preferidas de figuras públicas em geral. Isso vale, inclusive, para políticos de grandes esferas em todo o mundo. 

Nos últimos dias, o Twitter publicou um comunicado que visa explicar como pretende lidar com postagens polêmicas feitas por esses líderes políticos.

Logo de início, o próprio Twitter indica que gostaria de ter uma posição mais clara para apresentar à comunidade. Entretanto, a plataforma reforça que o acesso à informação e participação do público em assuntos públicos devem ser prioridade. 

Conheça os planos TIM Controle com acesso ilimitado ao Twitter e outras redes sociais aproveite a vontade sem gastar sua franquia de dados mensal.

Políticos não estão acima das regras do Twitter

Segundo a empresa, possíveis violações serão divididas em duas categorias. “Atualmente, interações diretas com figuras públicas, comentários sobre assuntos políticos do dia ou intromissão em assuntos de política externa de questões econômicas ou militares geralmente não violam as regras do Twitter.”,  afirma a plataforma.

Entretanto, algumas declarações que venham a desafiar as regras podem ser mantidas no ar, em casos de “claro interesse público em manter o tweet na plataforma”. 

Os parâmetros para o que seria de interesse público não foram esclarecidos. Porém, o Twitter avisou que, nessas situações, a postagem virá acompanhada de uma nota de contextualização da postagem. Além disso, a única forma de interação com a publicação será o retuíte com um comentário, para que o usuário possa se posicionar.

O Twitter informou, ainda, quais situações podem levar a “medidas coercitivas”. Estímulo ao terrorismo, ameaças de violência claras e diretas, compartilhamento de imagens e informações íntimas, exposição sexual infantil e publicações que estimulam a auto-mutilação são proibidas, não importa qual a origem.

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top