icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Novidades

Stadia: conheça a nova plataforma de jogos em nuvem da Google

Plataforma de jogos em streaming do Google ganhou o apelido de “Netflix dos games”, mas ainda não tem data de lançamento confirmada.

Depois de uma espécie de teste realizado em 2018, o Google entrou definitivamente no ramo dos games. Em 19 de março, durante a GDC 2019 – Game Developers Conference, em São Francisco, nos Estados Unidos, a empresa anunciou sua plataforma de jogos em nuvem, a Stadia.

O serviço vai oferecer jogos em streaming a partir do navegador Google Chrome, sem a necessidade de consoles. Seja com um PC ou notebook, smartphones, tablets ou mesmo na TV, por meio do dongle Chromecast, é só ter acesso à internet para acessar os jogos do Stadia.

Os representantes também destacaram que o Stadia foi pensado para jogadores, desenvolvedores de games e produtores de conteúdo da área. Nesse último ponto, vale reforçar as ferramentas de integração com o Youtube.

Alguns jogadores já conheceram as origens desse projeto em 2018, com o Project Stream. Na ocasião, foi possível rodar o jogo Assassin’s Creed Odyssey no Google Chrome. Aliás, esse foi um dos títulos exibidos na apresentação do Stadia, que mostrou inicialização em poucos segundos, sem tempo gasto em download e carregamento dos dados.

Conheça mais detalhes do Stadia, a nova plataforma de jogos em nuvem do Google:

 

Controle exclusivo do Stadia

 

Para aproveitar todas as ferramentas dos games em nuvem do Stadia, o Google apresentou seu controle exclusivo, o Stadia Controller. O dispositivo tem conexão direta com o Data Center do Google, via Wi-Fi, para leitura e envio dos dados dos games.

Seu design é bem parecido com os controles de consoles já existentes, como Xbox One e Playstation 4. Por exemplo, o jogador vai encontrar os botões A, B, X e Y, além e direcionais e botões analógicos.

Entretanto, é claro que o Google não ficou só nisso, e adicionou botões com funções extras. Por exemplo, o Botão Captura facilita o compartilhamento de screenshots e vídeos do gameplay. Já o botão Google Assistant permite que o gamer peça dicas de jogos por comandos de voz no microfone integrado, sem interromper a jogatina, por meio do assistente virtual do Google.

Segundo as informações, os controles de outros consoles também poderão ser usados nos games do Stadia, desde que tenham compatibilidade nativa.

 

Quer jogar no celular? Acesse a loja online da Claro e veja as ofertas de smartphones poderosos para games!

 

Data Center poderoso, altíssima definição e muitos parceiros

 

Embora não tenha um console físico, os games em nuvem do Stadia terão suporte de um Data Center para lá de poderoso. São 10,7 Teraflops, poder de processamento maior do que o visto nos consoles atuais, de 6.0 no Xbox One X e 4.2 no PS4 Pro.

Por enquanto, os games podem ser reproduzidos em definição 4K a 60 quadros por segundo, sem diminuição da qualidade. Isso também vale para as taxas dos vídeos reproduzidos no Youtube. Contudo, o objetivo é que os games e recursos do Stadia alcancem a definição 8K.

Até agora, mais de cem empresas já confirmaram parceria com o Stadia do Google, entre produtoras de games e desenvolvedores de tecnologias. Entre elas estão a Ubisoft, Unity, Bathesda, Unreal engine, Epic Games, AMD e Havok.

Isso já é um sinal de que o Google quer ir mais longe com o Stadia. Inclusive, a apresentação falou dos games Battle Royale, que oferecem suporte para cerca de 100 jogadores atualmente. No entanto, a ideia é que esses títulos possam suportar até 1.000 jogadores em uma única partida no futuro. O suporte multiplayer crossplataforms, com participação de jogadores de diferentes dispositivos, também foi mencionado.

Aliás, a integração entre a comunidade gamer é um dos maiores focos do Stadia. Foram vários recursos pensados com esse objetivo. Por exemplo, a função Crowd Play vai permitir que você se junte a partidas que já estão em andamento. Já o State Share permite que você compartilhe o savegame via streaming, para participação de outros players.

Até o modo tela dividida ficará mais acessível, o que pode oferecer novas possibilidades aos desenvolvedores em partidas colaborativas ou competitivas.

E por falar em desenvolvedores, o Style Transfer ML foi criado especialmente para eles. Seus recursos permitem modificações visuais em tempo real.

 

Google também vai investir na produção de games

 

Sem muitas surpresas, na mesma apresentação da plataforma Stadia, o Google também anunciou que vai investir em seu próprio estúdio de produção de games. Quem está no comando do projeto, que recebeu o nome de Stadia Games and Entertainment, é Jade Raymond, que já passou pela EA e pela Ubisoft. Os planos do estúdio incluem a criação de títulos exclusivos para o Stadia.

 

Informe Publicitário
Tim

Melhor oferta

300MB

serviços digitais

Serviços Tim
A partir de
R$
120,00

por
mês

Vivo

Melhor oferta

200MB

serviços digitais

Vivo
A partir de
R$
99,99

por
mês

Oi

Melhor oferta

200MB

serviços digitais

Serviços Oi
A partir de
R$
99,90

por
mês

Net

Melhor oferta

120MB

serviços digitais

Serviços Net
A partir de
R$
99,00

por
mês

 

Lançamento para o público, modalidades e valores das assinaturas não foram divulgados

 

O Google não economizou nas informações sobre a Stadia, mas não há uma data de lançamento oficial para o público. Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e outros países da Europa devem ser os primeiros a ter acesso ao serviço, ainda em 2019.

Também não foram divulgados modalidades ou valores das assinaturas. É possível que os jogos possam ser comprados separadamente ou que uma mensalidade dê acesso a vários games do serviço.

Essa segunda alternativa foi a opção do Xbox Game Pass. O serviço de assinatura de jogos online do Xbox One inclui acesso a diversos títulos, inclusive games exclusivos para o console da Microsoft.

voltar para o top