Smartphones

Smartphone chinês bate iPhone XS com 6 câmeras

Conheça o Honor Magic 2, que tem seis câmeras, processador poderoso, muita memória RAM e preço mais em conta que iPhone XS.

A Huawei vem surpreendendo com seus lançamentos. E o Honor Magic 2 não é diferente. O smartphone chinês promete bater até mesmo os novos iPhones, lançados em 2018.

Contudo, um de seus maiores destaques são as câmeras triplas na frente e atrás. Com seis sensores, a Huawei deve manter seu top de linha entre os melhores celulares para fotos.

A quantidade de sensores chama mesmo a atenção. Depois da popularização dos celulares com câmera dupla, as marcas vêm tentando inovar. O Galaxy A9, por exemplo, conta com cinco sensores: três atrás e dois na frente. Além disso, espera-se que o Galaxy S10 também chegue com uma grande oferta de câmeras. O novo top de linha da Samsung deve ser anunciado ainda no primeiro semestre de 2019.

Entretanto, vale destacar que a Honor é uma submarca da Huawei e não costuma ter seus smartphones vendidos no Brasil. O Magic 2, por exemplo, foi apresentado no fim de outubro e já é vendido na China.

Por lá, os preços variam de ¥ 3.799 a ¥ 4.799. Em conversão direta, e sem considerar impostos nacionais, os valores correspondem a mais ou menos R$ 2.115 e R$ 2.675.

A seguir, conheça as especificações do Honor Magic 2. Veja como funcionam as câmeras, como é seu desempenho e saiba se vale a pena importar o smartphone chinês.

 

Como funciona a câmera sêxtupla do Huawei Honor Magic 2?

magic2bg

Começando pelas câmeras traseiras do smartphone chinês, são duas coloridas e uma monocromática. As primeiras contam com 16 megapixels e abertura f/1.8 na lente grande-angular, e f/2.4 na teleobjetiva. Contudo, é importante lembrar que a abertura é responsável pela entrada de luz. Sendo assim, quanto menor for esse número, melhor, pois permite que as imagens fiquem mais claras.

Assim como outros celulares com mais de um sensor, o modelo da Huawei é capaz de ajustar a profundidade de campo. Sendo assim, faz imagens com fundo desfocado personalizado, o chamado Modo Retrato. Contudo, o sensor preto e branco ajuda no contraste, melhorando o resultado final.

No entanto, para selfies, as três câmeras também devem surpreender. O sensor principal tem 16 megapixels e abertura f/2.0. Contudo, os outros dois são de 2 megapixels e abertura f/2.4.

Os sensores de menor resolução são os responsáveis pela profundidade de campo, formando o chamado efeito bokeh. Além disso, também auxiliam no reconhecimento facial, que falaremos mais à frente.

Um dos destaques das câmeras frontais é o mecanismo deslizante para escondê-las. Assim, elas são acionadas somente quando necessário. A solução evita o notch, ou entalhe, como ficou conhecido espaço na parte superior que divide a tela do iPhone X.

 

Desempenho também deve ser acima da média

 

O modelo é equipado com o processador Kirin 980. Contudo, ele é o sucessor do Kirin 970, que embala o atual top de linha da Huawei, o P20 Pro. O chip é um dos mais avançados do mercado. Todavia, conta com oito núcleos rodando a 2,6 GHz, que é uma velocidade considerada alta.

Além disso, o Honor Magic 2 pode ser encontrado em opções com 6 GB ou 8 GB de memória RAM. Mesmo o modelo mais “simples” deve aguentar tarefas pesadas e abrir mais de um aplicativo por vez sem problemas.

Quanto ao armazenamento, pode ser de 128 GB ou 256 GB. Contudo, ele também aceita cartão de memória. Já a bateria do smartphone chinês da Huawei é de 3.400 mAh e tem carregamento rápido. Ele roda com a versão mais recente do Android no momento, o Android 9 (Pie).

Outro ponto positivo no modelo é que é um celular dual chip. Isso quer dizer que ele suporta dois chips de diferentes operadoras ao mesmo tempo. Dessa maneira, é possível aproveitar dois dos melhores planos de celular simultaneamente.

 

Tela grande também é destaque no smartphone chinês

 

Além da câmera e do processamento, a tela do Honor Magic 2 também chama a atenção. Ela tem 6.4 polegadas e resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels). Já a tecnologia usada é a AMOLED, que deve apresentar cores vibrantes.

 

Reconhecimento facial e outras opções de biometria

 

São várias as opções para fazer o desbloqueio de tela no Huawei Honor Magic 2. A começar pelo já  tradicional leitor de impressões digitais. No entanto, no smartphone chinês ele está sob a tela. A tecnologia também deve ser vista no Galaxy S10, por exemplo.

Contudo, o Honor Magic 2 também conta com reconhecimento facial, assim como modelos da Apple, como o iPhone XS (FaceID). Outra opção é fazer a leitura de íris, tecnologia vista também em smartphones Samsung como o Galaxy Note 9.

Deixe um comentário

avatar