Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

Samsung Galaxy Fold: após adiar lançamento, Samsung anuncia melhorias no aparelho

Conheça as mudanças feitas pela fabricante sul-coreana para corrigir os defeitos apresentados pelo novo produto da marca

Depois de adiar o lançamento do tão aguardado Galaxy Fold em diversas regiões do mundo por conta de problemas técnicos detectados por jornalistas, a Samsung anunciou recentemente melhorias nas especificações técnicas do aparelho.

O problema relatado pela imprensa se refere a um defeito na tela dobrável do smartphone. Numa série de testes, a tela esquerda falhou no modo tablet, apresentando intermitência de sinal, além da ocorrência de blecautes. Em nota emitida pela própria fabricante, um dos altos executivos justificou o adiamento: “Tendo em vista os feedbacks recentes de um número limitado de unidades a Samsung está pedindo tempo para garantir que as unidades de Galaxy Fold estarão otimizadas para a sua experiência no evento”.

Há poucos dias, a Samsung finalmente liberou informações sobre as melhorias em seu lançamento, como a ampliação da camada protetora da tela dobrável até as bordas com o objetivo de aumentar a durabilidade das áreas expostas na dobradiça.

 

Combine os melhores smartphones e os planos de internet e chamadas mais cheios de vantagens na TIM!

Mudanças na dobradiça e película de tela

 

Por fim, um diagnóstico técnico promovido pelo site iFixit concluiu que o Galaxy Fold possuía muitas áreas expostas nas dobras, fazendo com que poeira e outros tipos de resíduos entrassem no aparelho, causando interferências no display OLED.

Por conta do defeito, executivos da Samsung emitiram nota por meio do jornal sul-coreano Korea Herald, afirmando que a empresa vai “fortalecer a durabilidade das áreas expostas na dobradiça”. A fabricante confirmou ainda que pretende diminuir a lacuna entre a camada protetora do display e as bordas da tela, no intuito de impedir que os usuários a removam, garantindo maior durabilidade ao mecanismo.

Tal decisão foi tomada porque especialistas e revisores acabaram retirando a película da tela pensando que se trava de uma espécie de proteção de fábrica para aparelhos novos. No entanto, a camada faz parte do aparelho e sua falta impacta diretamente no funcionamento do Galaxy Fold.