icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Notícias

Recurso da TIM é negado e Claro tem autorização do Cade para a compra da Nextel

Relator afirma que aquisição não altera atual situação no mercado de SMP no Brasil.

O Cade – Conselho Administrativo de Defesa Econômica, negou o recurso pedido pela TIM e autorizou a conclusão da compra da Nextel pela Claro. A avaliação foi divulgada dia 10 de dezembro.

A TIM solicitou restrições ao negócio, alegando que a aquisição causaria concentração de espectro e, consequentemente, um desequilíbrio na competitividade do mercado de telefonia móvel no Brasil. A operadora pediu que parte das frequências da Nextel fosse destinada ao uso exclusivo das concorrentes da Claro.

Contudo, segundo o conselheiro relator da Cade, Sérgio Ravagnani, a negociação não altera a situação atual no Serviço Móvel Pessoal (SMP). O relator afirmou, ainda, que uma possível diferença entre os espectros de cada operadora pode ser resolvida com futuras movimentações do setor, como o leilão 5G da Anatel.

Vale lembrar,, a Agência Nacional de Telecomunicações também já aprovou a negociação entre Claro e Nextel

.

Com os planos TIM Controle você tem acesso ilimitado ao WhatsApp sem gastar do seu pacote de dados! Contrate agora e aproveite!

Claro pode devolver espectros

Para evitar restrições, a Claro se comprometeu a devolver espectro que ultrapasse os limites de frequência, de acordo com as regras impostas pela Anatel.

 

 

Com a compra da Nextel, a operadora alcança entre 110 MHz e 150 mHz de espectro nas faixas entre 1 GHz e 3 GHz, variando de acordo com a região. Já a TIM permanece entre 60 MHz e 90 MHz.

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top