icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Blog

Rare Replay – Review

Conheça a coletânea de jogos da Rare, desenvolvedora inglesa com mais 30 anos de história

Fundada na Inglaterra em 1985 pelos irmãos Stamper, a cultuada desenvolvedora britânica Rare é conhecida mundialmente por jogos como Donkey Kong Country, Banjo-Kazooie, Wizards & Warriors e Conker.  Em 2015, para comemorar seu aniversário de 30 anos, a empresa lançou exclusivamente para Xbox One o game Rare Replay, que traz uma compilação com mais de 30 títulos clássicos desenvolvidos pela marca, dentre eles jogos em primeira pessoa, ação, aventura, luta e gêneros de corrida.

Confira abaixo os detalhes sobre essa coletânea.

 

Compre agora seu Xbox Game Pass na Xbox Store e garanta acesso ao Rare Replay e mais outros 100 outros jogos

 

Um passeio nostálgico

 

Para quem tem entre 30 e 40 anos, a coletânea soa como um passeio nostálgico. Mesmo sem contar com títulos que têm como protagonistas personagens do Nintendo, é possível voltar à infância, a partir de jogos que entraram para a história.

É verdade que nem todos os games da Rare se tornaram grandes sucessos. Alguns deles, como Underwurlde e Atic Atac, não chegaram a ganhar continuações. Contudo, seus gráficos pixelizados, marcados pela estética do início dos jogos de videogame, revivem memórias de quem viveu essa época.

 

Jogos famosos

CONKER CAPA

Mas nem só de lado B vive o Rare Replay. O título inclui tambémm games famosos como Banjo-Tooie, Blast Corps, Killer Instinct Gold, Banjo-Kazooie e, claro, Conker’s. No entanto, muitos fãs lamentaram que títulos em primeira pessoa como Goldeneye 007, um dos games mais populares do Nintendo 64, tenha ficado de fora da compilação.

 

Museu de grandes novidades

 

 

A Rare investiu bem na comemoração dos seus 30 anos. A abertura do jogo chama bastante a atenção por conta de um musical em que aparecem os protagonistas dos principais games presentes na coletânea cantando e dançando, em homenagem às três décadas de existência do seu desenvolvedor.

No ambiente virtual, é possível também conferir materiais relacionados aos games, incluindo vídeos, peças conceituais e até mesmo documentários completos que mostram o processo de desenvolvimento dos projetos, com informações sobre versões que nunca foram lançadas.

Mas o acesso aos materiais não é assim tão fácil. Para desbravar o baú da Rare é preciso, antes de tudo, jogar. As raridades trazidas pela coletânea são desbloqueadas à medida em que o jogador se aventura pelos games clássicos da desenvolvedora.

A adaptação dos títulos incluídos na Rare Replay foi feita de maneira exemplar. Para acessar os jogos, basta apertar um único botão. Além disso, a coletânea permite que você troque de jogo a qualquer momento.

 

Gráficos e Jogabilidade

 

A Rare acertou em manter os gráficos originais dos jogos, preservando assim as características originais dos personagens e dos cenários. Com isso, esta mantido todo o charme de texturas pixelizadas. 

Contudo, a adaptação da jogabilidade de alguns títulos para Xbox One foi um pouco comprometida. Títulos como Jet Force Gemini e Snake Rattle’n’Roll, jogo com visão em primeira pessoa, apresentaram jogabilidade truncada.

 

voltar para o top