icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Xbox

Quantum Break – Review

Jogo de ação e tiro, o game exclusivo para PC e Xbox One Quantum Break aposta em riqueza dos recursos narrativos.

Em um primeiro momento, o game de ação Quantum Break parece não se distanciar muito dos outros jogos do estilo. Suas mecânicas são as conhecidas de jogos de tiro em terceira pessoa. Com direito, até, ao sistema de cobertura oferecido pelos elementos do cenário.

Contudo, o game desenvolvido pela Remedy Entertainment, ganha força ao apostar em sua narrativa. Entre os atos de Quantum Break, o jogador pode assistir a episódios de uma série em live action que mostra os desdobramentos das ações do personagem.

Esse é um dos games exclusivos para Xbox One que estão disponíveis no Xbox Game Pass, serviço de assinatura de jogos. Outros jogos, como Far Cry 5 e Forza Horizon 4 também aparecem entre as centenas de opções da plataforma.

 

Aproveite esse e mais centenas de jogos com o Xbox Game Pass!

 

Veja mais detalhes sobre o jogo Quantum Break:

 

Controle do tempo

O jogador assume o controle de Jack Joyce, que participou de uma experiência e ganhou poderes de manipular o tempo, entre outras consequências. Para salvar a humanidade, Joyce precisa enfrentar a organização Monarch Solutions, comandada pelo seu ex-amigo Paul Serene, vilão do jogo.

Os acontecimentos de Quantum Break levam Jack a uma série de missões em que precisa enfrentar os capangas da organização. Além dos recursos de controle do tempo, Jack também conta com um bom arsenal de armas de fogo.

A jogabilidade não tem muitos mistérios, acompanhando as mecânicas tradicionais de jogos do mesmo estilo. O nível de dificuldades também não é muito nada fora do normal.

Contudo, o game ganha pontos em seus recursos narrativos. Ao fim de cada ato, Jack deve fazer uma escolha, que terão consequências no desenrolar da trama. 

Em alguns momentos, Jack precisa usar seus poderes para a resolução de puzzles que conduzem a história. 

 

Informe Publicitário
Tim

Melhor oferta

300MB

serviços digitais

Serviços Tim
A partir de
R$
120,00

por
mês

Vivo

Melhor oferta

200MB

serviços digitais

Vivo
A partir de
R$
99,99

por
mês

Oi

Melhor oferta

200MB

serviços digitais

Serviços Oi
A partir de
R$
99,90

por
mês

Net

Melhor oferta

120MB

serviços digitais

Serviços Net
A partir de
R$
99,00

por
mês

 

Episódios em Live Action deixam a trama mais completa

É após fazer fazer essas escolhas, entre uma batalha e outra, que a narrativa de Quantum Break se desenrola. Para isso, os desenvolvedores apostaram em uma série em Live Action, com cerca de 20 minutos por episódio.

Além de descobrir as consequências de sua escolha, o jogador também consegue entender melhor a etapa seguinte. Dessa forma, cada ato de Quantum Break fica muito bem amarrado.

Esse intervalo na ação ajuda e enriquecer o ponto alto de Quantum Break, que é a sua história. Com boas atuações e diálogos bem escritos, inclusive ao longo dos games, é fácil de apegar ao roteiro do jogo e seguir em frente para conferir o final do drama.

 

Gráficos também ajudam no sucesso de Quantum Break

Com tanto cuidado com a parte narrativa, nada mais justo do que oferecer gráficos do mesmo nível. Nesse ponto, Quantum Break também não decepciona. Tanto os momentos de ação, quanto os episódios em Live Action contam com um visual rico e coerente com a narrativa e até mesmo com os aspectos físicos de manipulação do tempo.

Cada detalhe é perceptível, desde reflexos até efeitos de luz e explosões. Assim como, as expressões faciais e movimentos dos personagens, o que ajuda a dar liga na continuidade com os episódios da série.

Em resumo, quem curte acompanhar uma boa história e ficar atento ao roteiro, vai se divertir bastante com Quantum Break. Isso vale, principalmente, para quem prefere jogos de tiro mais lentos, sem muitas cenas de ação frenética, quase ausentes no título.

voltar para o top