Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Dicas e curiosidades

Quais são os riscos de usar programas crackeados?

Instalar a versão pirata de um programa, além de ilegal, pode trazer outros problemas para o seu computador.

Usar um programa crackeado é, em termos simples, ter acesso a uma versão pirata do software. Muita gente utiliza essa alternativa para não pagar pela licença do programa ou para ter acesso aos recursos completos de softwares ou mesmo games. Mas isso está longe de ser uma boa ideia.

O “cracker” é um programinha criado para burlar sistemas de segurança dos softwares, normalmente, através da alteração de seu código original ou do uso de falsos números seriais.

Em primeiro lugar, essa é uma prática ilegal, afinal é apenas mais um tipo de “pirataria” de um produto. Logo, o uso de programas crackeados, ou piratas, pode ser punido com multas ou outras penas.

Mas esse não é o único risco de usar um programa crackeado. Conheça outros motivos para fugir desse tipo de pirataria:

 

Um programa crackeado pode ter malwares camuflados

 

O primeiro risco é bem claro. Um programa crackeado pode estar “recheado” de malwares que afetam todo o seu computador.

Aquele pacote de códigos modificados podem ter funções que vão além do acesso ao programa que você quer utilizar. Por exemplo, você pode instalar um programa que permita a visualização todos os seus dados e senhas, desde redes sociais e-mails, até dados bancários.

Outro risco é permitir o acesso remoto ao seu computador. Ou seja, possibilitar que outra pessoa, em qualquer lugar do mundo, veja tudo o que tem salvo na sua máquina e até mesmo “navegue” através do seu computador.

E, só para lembrar, caso esses vírus façam parte do programa crackeado, é bem possível que ele passe direto pelo antivírus do computador. Afinal, você está dando autorização para essa instalação e execução.

 

Acesso de vírus externos fica facilitado

 

Os possíveis malwares de um programa pirata não são as únicas ameaças ao computador. Para instalar esses programas, será preciso desativar o seu programa antivírus. Normalmente, essa desativação é temporária. Mas é suficiente para que programas nocivos que estejam só esperando uma brecha na segurança invadam o seu computador.

 

Bugs e problemas no software pirata

 

Mesmo que seu computador não sofra com nenhum dos riscos anteriores, o uso de programas piratas pode trazer outros problemas.

Você vai usar uma versão daquele software que não é oficial e que teve seu código modificado. Com isso, é possível que não tenha acesso a todos os recursos do programa. Outra possibilidade que fica maior é a ocorrência de falhas de execução. Programas piratas têm mais riscos de travamentos ou encerramentos súbitos. Assim, todo o trabalho que você estava realizando é apagado.

Nem mesmo depois de salvar o arquivo você está totalmente livre de problemas em um programa crackeado. Afinal, alguma falha pode causar a impossibilidade de abrir determinado arquivo ou a sua exibição completa.

 

Falta de atualização e assistência técnica

 

Bem, se você precisa instalar um programa no seu computador, é porque quer aproveitar ao máximo as suas funções, certo? Seja para estudar, trabalhar ou se divertir, aquele software tem uma utilidade no seu dia a dia.

Entretanto, um programa crackeado, ou pirata, nunca terá as mesmas possibilidades da versão original.

Mesmo que você não passe por nenhum dos problemas anteriores, é certo que o software pirata não vai receber atualizações. Com isso, você não terá acesso a otimizações e correções de falhas, por exemplo. Além de possíveis falhas de execução, esse programa também fica mais vulnerável a falhas de segurança. Ou seja, o risco vai além do momento da instalação do software crackeado.

Isso sem falar na ausência total de assistência técnica. Ao comprar uma licença de programa ou serviço, você adquire todas as vantagens oferecida pelos desenvolvedores. Muitas vezes, isso inclui assistência e consultoria especializadas, para que você aproveite bem todos os recursos do programa. Além de ter soluções rápidas para possíveis falhas, bugs ou outras situações que te impeçam de usar o software.

Bem, é claro que nada disso vale para uma versão do programa crackeado. Ou seja, se você passar por qualquer um dos problemas e riscos mencionados ao longo do texto, não terá nenhum tipo de suporte.

 

Alternativas para programas crackeados

 

Esses são apenas alguns dos riscos maiores que você corre ao instalar um programa crackeado no seu computador. Em resumo, a segurança das suas informações fica totalmente corrompida. Além disso, não há a menor garantia de que a navegação daquele software vai ser satisfatória.

Por isso, é essencial comprar a licença correta de um programa. Caso, no momento, sua situação financeira não permita, busque alternativas compatíveis de menor custo, ou mesmo gratuitas. Por exemplo, o Google tem ferramentas que substituem programas de edição de textos e planilhas, como Word e Excel.

Também vale verificar as condições de pagamento dos softwares. Às vezes, a compra ou assinatura anual pode ser dividida em várias parcelas, que vão pesar menos no orçamento mensal.

Alguns programas oferecem alternativas gratuitas ou mais baratas, que, normalmente, garantem a utilização de suas funções básicas. É melhor ter acesso seguro a uma quantidade restrita de funções de um programa a corromper todo o seu computador com o uso de um software pirata.