Internet Banda Larga

Os planos de banda larga no Brasil são caros?

Quer saber se os planos de banda larga no Brasil são caros? Descubra quanto é o preço médio de 1 Mbps no país e saiba qual é o operadora mais em conta.

Ter um plano de internet fixa dá muito mais comodidade e praticidade ao dia a dia. Porém, na hora de contratar um pacote, muita gente pode questionar os preços e até se os planos de banda no Brasil são caros.

A verdade é que o preço dos planos podem sofrer grandes variações, de acordo com a região. Basicamente, quanto menos opções de operadoras estiverem disponíveis em um determinado local, maiores são as chances dos consumidores precisarem desembolsar mais dinheiro com a conta da internet.

Por exemplo, em cidades do interior, onde a internet cabeada, ou por fibra ótica não chega, a opção dos moradores é contratar planos de internet rural, que costumam ser via satélite ou via rádio.

Esses serviços tendem a ser mais caros, além de não serem oferecidos por muitos provedores. Assim, à medida em que a competitividade diminui, as empresas ficam livres para praticar preços mais altos.

No entanto, um estudo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), divulgado em julho de 2018, comprovou que houve um avanço da cobertura e da qualidade da internet banda larga no Brasil entre os anos de 2014 e 2016.

De acordo com o estudo, a qualidade do sinal no nordeste do país ficava 44% abaixo da média nacional em 2014. Esse número saltou para -3% em 2016, apenas dois anos depois.

Mas será que os preços estão caindo à medida em que a qualidade aumenta? Todo consumidor gostaria de ouvir uma resposta positiva para essa pergunta, não é verdade? E o fato é que os valores da banda larga no Brasil já estão bem mais acessíveis do que há uns anos atrás.

Descubra a seguir quanto custa a internet banda larga no Brasil e veja qual é a operadora mais barata do país, segundo levantamentos feitos recentemente.

Quanto custa a internet banda larga no Brasil?

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou em 2018 um levantamento em que compara os preços da internet banda larga no Brasil, com relação aos anos anteriores. Segundo a agência, o preço por 1 Mbps de velocidade passou de R$ 3,84 em 2016 para R$ 4,62 em 2017, um aumento de mais de 20%. No entanto, esse foi o primeiro aumento registrado desde 2010.

Confira a seguir o preço médio da internet banda larga no Brasil nos últimos anos. O valor leva em consideração apenas 1 Mbps:

  • 2010 – R$ 21,18
  • 2011 – R$ 15,60
  • 2012 – R$ 10,74
  • 2013 – R$ 8,21
  • 2014 – R$ 7,08
  • 2015 – R$ 5,99
  • 2016 – R$ 3,84
  • 2017 – R$ 4,62

Apesar do aumento registrado de 2016 para 2017, é possível notar que o preço da internet banda no Brasil caiu 78% desde 2010, o que é um grande avanço, e uma boa notícia para os consumidores.

No entanto, um levantamento feito em 2017, pelo portal de notícias R7, mostrou que um pacote de TV por assinatura com 150 canais e internet banda larga custava em média R$ 250 no Brasil, o que equivalia a 12,1% do salário médio da população, que era de R$ 2.056 naquele ano.

Enquanto isso, em países como a França, um pacote de 230 canais e internet banda larga custa aproximadamente 1% (€ 30) do salário médio da população, que é de € 2.912 por lá.

apple, browsing, computer

Qual é a operadora de internet banda larga mais barata do Brasil?

O mesmo levantamento da Anatel citado revelou ainda o preço médio cobrado pelas operadoras por cada Mbps. De acordo com a pesquisa, a Vivo foi a operadora mais em conta no ano de 2017.

A operadora cobrou em média R$ 2,76 por cada Mbps. A mesma velocidade custava R$ 41,55 em 2010, ou seja, teve queda de mais de 93%! Esse dado mostra como a internet fixa vem caindo em relação ao preço no país.

E a queda de preço ainda é acompanhada pelo aumento na qualidade dos serviços. Isso porque as operadoras têm avançado em sua cobertura, oferecendo internet banda a cada vez mais cidades brasileiras. Além disso, há o investimento em infraestrutura, que visa melhorar a qualidade do serviço prestado.

Um exemplo de melhoria que vem sendo feita é o uso de cabos de fibra ótica para oferecer a conexão. Essa tecnologia permite velocidades mais altas, apesar de ainda não estar disponível em muitas regiões brasileiras.

Ainda sobre os preços da banda larga no Brasil, a operadora com o maior preço por Mbps em 2017 foi a Oi. O custo de R$ 7,13, no entanto, representa queda de 17% no valor cobrado em 2016, que era de R$ 8,60.

As operadoras que puxaram a média de preços para cima em 2017 foram Net, Sercomtel e TIM. A primeira cobrava aproximadamente R$ 3,27 por 1 Mbps em 2016, e passou a pedir R$ 4,23 pela mesma velocidade em 2017.

Já a Sercomtel aumentou o preço de 1 Mbps de R$ 2,11 para R$ 5,70 no mesmo período mencionado. Na TIM, o valor passou de R$ 2,09 para R$ 3,27.

Deixe um comentário

avatar