Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Smartphones

Moto G7 – Review

Modelo intermediário de 2019, Moto G7 traz câmera dupla, desempenho satisfatório e preço que fica na média. Confira o review do smartphone Motorola.

O Moto G7 é um celular intermediário da Motorola que traz especificações modernas para agradar quem busca por uma boa relação entre custo e benefício. Entre as suas características estão a câmera dupla e a tela alongada e praticamente sem bordas. Saiba mais no review do Moto G7, que leva em consideração sua ficha técnica.

 

Compre o Moto G7 na loja online da TIM e economize ao contratar junto um plano de celular com redes sociais ilimitadas!

 

Notch em formato de gota para maior aproveitamento de tela

 

Assim como em smartphones top de linha, no Moto G7 o notch é usado para aumentar o aproveitamento frontal do dispositivo. Ele tem formato de gota tal como o avançado OnePlus 6T e modelos intermediários da família Samsung Galaxy M.

Com isso, sua tela grande de 6,24 polegadas ocupa praticamente toda a frente do aparelho. Outra vantagem é o formato alongado, na proporção 19:9, que facilita na hora de segurar o aparelho.

Quanto à resolução da tela, é Full HD+ (2.270 x 1.080 pixels). A tecnologia usada é a já conhecida IPS LCD, que deve apresentar cores mais naturais. O modelo pode ser comprado nas cores branco ou preto.

 

Moto G7 tem câmera traseira dupla

 

Seguindo a tendência, o G7 tem câmera dupla na parte de trás. Contudo, alguns modelos intermediários como o Galaxy A7 2018 já contam com câmera tripla, por exemplo.

Voltando às especificações, o conjunto de câmeras é composto por um sensor de 12 megapixels com abertura f/1.8 e outro de 5 megapixels com abertura f/2.2. Com isso, o smartphone é capaz de fazer imagens com fundo desfocado.

Já as selfies podem ser feitas com até 8 megapixels (f/2.2). Já os vídeos são gravados com a qualidade máxima 4K, a 30 quadros por segundo (fps).

 

Desempenho do Moto G7 traz melhorias, mas ainda é intermediário

 

O aparelho foi equipado com um processador mais moderno do que o visto no Moto G6. No entanto, o Qualcomm Snapdragon 632 ainda é um chip intermediário. Ele tem oito núcleos rodando a até 1,8 GHz e é capaz de aguentar a maior parte das tarefas, incluindo alguns jogos.

Para quem gosta de realizar mais de uma atividade por vez, a boa notícia é que o G7 tem 4 GB de memória RAM, que é uma boa quantidade para um dispositivo intermediário.

Ele sai de fábrica com a versão 9 (Pie) do Android. Contudo, deve receber atualização para o Android Q, assim como visto em outras versões de celulares da família Moto G.

Para guardar arquivos e instalar aplicativos, o Moto G7 conta com 64 GB de espaço interno. O armazenamento ainda pode ser expandido em até 512 GB com um cartão de memória.

E para aguentar um dia inteiro de uso, são 3.000 mAh de capacidade de bateria. Uma vantagem é que o carregamento é rápido, uma vez que o Moto G7 vem com o carregador TurboPower, conhecido por dar até 6 horas de uso com apenas 15 minutos de carga.

Outro ponto positivo do Moto G7 é que é dual chip. Essa é uma boa notícia para quem gosta de aproveitar as promoções das operadoras e ter dois planos de celular.

Outra característica que não poderia ter ficado de fora é o leitor de impressão digital. Ele é ideal para desbloquear a tela do Moto G7 com mais segurança. O sensor fica localizado na parte de trás, abaixo da câmera.

 

Veja quanto custa o Moto G7

 

Por fim, lançado no Brasil em fevereiro de 2019, o Moto G7 tem preço inicial de 1.599, valor praticado pelas lojas da Motorola. Entretanto, em outras lojas do comércio eletrônico ele já pode ser comprado por um valor menor, de cerca de 1,2 mil.

voltar para o top