Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

Microsoft lança cofre pessoal gratuito para o OneDrive

Pasta garante maior segurança aos arquivos com acesso por verificação em duas etapas.

A Microsoft anunciou uma nova ferramenta no OneDrive, ideal para quem busca mais segurança no armazenamento de arquivos. Chamado de Cofre Pessoal, o recurso é uma pasta extra que pede autenticação em duas etapas para o acesso.

O usuário pode escolher entre diferentes formas de desbloqueio, além do login inicial no sistema. Entre as opções estão uso de impressões digitais, reconhecimento facial, PIN extra ou código de segurança enviado por SMS ou e-mail. Dessa forma, os arquivos ficam em segurança mesmo que terceiros acessem os dispositivos ou a conta principal.

Outra vantagem do Cofre Pessoal do sistema de armazenamento em nuvem da Microsoft é que após um tempo de inatividade, o acesso é encerrado automaticamente. O período é de 20 minutos para PCs e notebooks e 3 minutos no app para dispositivos móveis. Além disso, não é possível compartilhar arquivos salvos no cofre pessoal com outras contas.

Office 365 Home e Business têm acesso ilimitado ao cofre pessoal do OneDrive

Todos os usuários do OneDrive têm acesso ao cofre pessoal. Entretanto, nas contas gratuitas e no plano básico o limite é de três arquivos. 

Porém, assinantes do Office 365 Home ou do Office 365 Business, que já contam com espaço de 1 TB no OneDrive, têm esse mesmo limite (até 1 TB) para uso da pasta mais segura do sistema.

Segundo a Microsoft, o cofre seguro será disponibilizado inicialmente na Austrália, Nova Zelândia e Canadá, com mais mercados recebendo a novidade até o fim do ano.

Tenha acesso aos melhores recursos dos programas da Microsoft assinando o Office 365!

Mais espaço no OneDrive

Mais mudanças no OneDrive também foram anunciadas pela Microsoft. No Brasil, o plano básico, com preço aproximado de R$ 9, vai passar de 50 GB para 100 GB de espaço disponível, sem custo extra.

Vale notar que a assinatura gratuita segue com o mesmo espaço de 5 GB para armazenamento de arquivos em nuvem.

Já assinantes do Office 365 podem vir a ter muito mais espaço. Além de 1 TB que já faz parte dos planos, os usuários podem comprar uma capacidade extra de 200 GB até 1 TB, por valores entre US$ 2 e US$ 10 mensais (algo entre R$ 8 e R$ 40). Os novos pacotes também ficarão disponíveis em breve, segundo a Microsoft.

voltar para o top