icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

Google e SoftBank estão trabalhando em antenas telefônicas voadoras

Objetivo é levar sinal de telefonia móvel a locais remotos.

O Grupo Alphabet – dono do Google – e a companhia japonesa SoftBank estão desenvolvendo uma antena telefônica voadora. A nova tecnologia tem como objetivo levar o sinal de telefonia celular e internet móvel a locais remotos.

Em muitos desses lugares, os equipamentos que compõe uma antena física não conseguem chegar, por dificuldades apresentadas pela topografia. Assim, a aliança entre as empresas envolvidas busca criar uma forma de transportar cabos e antenas pelo ar.

Todavia, Alphabet e SoftBank apostam em saídas diferentes. O Project Loop, da Alphabet, estuda o uso de balões, enquanto o projeto HAPSMobile, da SoftBank, trabalha na utilização de drones, que teriam energia solar como fonte de combustível.

Um dos principais desafios desses estudos é garantir que o sinal fornecido por esses novos sistemas seja tão eficiente quanto a rede dos satélites. Ou seja, a ideia é oferecer sinal de telefonia e internet de qualidade, com estabilidade e que garante boa velocidade de navegação.

Em 2019, a SoftBank investiu cerca de US$ 125 milhões, mais ou menos R$ 557 milhões, no Grupo Alphabet, para desenvolvimento dos projetos.

 

A rede 4G da TIM continua a avançar pelo Brasil! Conheça os planos TIM Controle com WhatsApp ilimitado.

Projetos de antenas voadoras já estão em andamento

Até agora, o grupo dono do Google firmou parcerias com fornecedores de redes sem fio no Quênia e no Peru. Além de chegar a locais inacessíveis, o projeto também prevê a criação de uma infraestrutura de telefonia que possa ser usada em desastres naturais.

O HAPSMobile, do SoftBank, já realizou testes com drones em voos de baixa latitude. Todavia, a pouca altura alcançada pelos equipamentos representa o curto alcance do sinal, um dos primeiros desafios que precisa ser resolvido.

Apesar das dificuldades, o SoftBank pretende comercializar os novos sistemas até 2023.

Porém, para que entrem no mercado, os projetos devem ser aprovados pelos órgãos de regulação das regiões. Para isso, a empresa aeroespacial Airbus busca parcerias com companhias de telefonia móvel, como Nokia, Telefônica – dona da Vivo, Ericsson, Deutsche Telecom, China Telecom e Bharti Airtel.

 

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top