Curiosidades

Fim da Porto Conecta: veja o que acontece com os clientes

O fim da Porto Conecta foi anunciado em outubro de 2018. Descubra como ficam os clientes da operadora que pertencia à seguradora.

A Porto Conecta anunciou, no início de outubro de 2018, o fim das suas operações no Brasil. No entanto, se você é um cliente da operadora, fique tranquilo, pois não ficará sem serviço de telefonia móvel!

Da Porto Seguro, a operadora vai passar sua carteira de clientes para a TIM. As empresas já tinham uma parceria de longa data. Isso porque a Porto Conecta usava a infraestrutura da TIM para funcionar.

Isso se fazia necessário já que a Porto Conecta era uma operadora móvel virtual (MVNO). Contudo, foi a primeira do país a funcionar dessa maneira, oferecendo o serviço diretamente para o consumidor final.

A Porto Conecta se despede do mercado deixando aproximadamente 735 mil clientes. A operadora recebeu autorização para funcionar em 2011 e estreou em meados 2013. Inicialmente, oferecia serviços de máquina a máquina (M2M), atuando no rastreamento de veículos.

Segundo a Porto Seguro, essa é uma decisão estratégica para o grupo. A intenção é concentrar esforços no seu principal negócio, que são os seguros.

Em uma pesquisa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgada em março, a Porto Conecta apareceu como a melhor operadora pós-paga. O estudo levou em consideração a percepção dos clientes com relação aos serviços.

Os dados foram levantados entre julho e dezembro de 2017. Contudo, o resultado foi uma pontuação de 8,32 para a Porto Conecta no quesito operadora pós-paga. A nota está bem acima da segunda colocada, a Vivo, que obteve 7,26 pontos.

Com o fim da Porto Conecta, entenda melhor o que acontece com os seus clientes. Em seguida, descubra quais são as outras opções de operadoras virtuais (MVNO).

Clientes da Porto Conecta serão migrados para a TIM

Quem usava os serviços da Porto Conecta não tem motivos para se preocupar. Os mais ou menos 735 mil clientes da operadora serão migrados para a italiana TIM.

A TIM é capaz de absorver essa quantidade de linhas, uma vez que já tem aproximadamente 56 milhões de clientes, de acordo com dados da Anatel. Além disso, a TIM já dava suporte a Porto Conecta com sua infraestrutura.

Contudo, os clientes Porto Conecta que forem migrados para a TIM continuarão com seus principais benefícios. O acordo entre as operadoras prevê a entrega dos mesmos serviços, ou superiores, pelo mesmo preço pago anteriormente.

Todavia, as vantagens de clientes de outros serviços da empresa também serão mantidas. Por exemplo, quem tinha um seguro ou um cartão de crédito Porto Seguro podia contratar planos com franquias de 5 GB a 50 GB. Eles custavam R$ 79,99 e R$ 159,99 por mês, respectivamente.

Além disso, esses planos tinham ligações ilimitadas para todas as operadoras, e a internet não era cortada após o fim da franquia. Nesses casos, a velocidade da conexão era reduzida até a renovação do pacote.

Outro benefício era o seguro celular. Contudo, a Porto Conecta oferecia ainda o empréstimo de um aparelho por 30 dias sem custo adicional, caso o cliente ficasse sem celular.

Todos os clientes Porto Conecta também poderão continuar usando os mesmos canais de atendimento. O aviso da migração está sendo feito 30 dias antes da efetivação.

Sendo assim, os clientes Porto Conecta têm até um mês para decidir se vão mesmo migrar para a TIM. Caso contrário, podem escolher outra operadora. Entretanto, os mesmos benefícios e preços só são garantidos no caso de migração para a TIM.

A migração foi autorizada no fim do mês de outubro pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Anatel. As empresas não revelaram o valor do acordo.

Conheça outras operadoras virtuais (MVNO)

Apesar de ter sido a primeira, a Porto Conecta não era mais a única operadora virtual (MVNO) do Brasil. Outras três empresas usam a infraestrutura da TIM para funcionar, por exemplo. São elas: Datora, EUTV e America Net.

Além disso, existem outras operadoras MVNO. Entre elas há a Vecto Mobile, que funciona através da infraestrutura da Algar, e a J Safra, que tem a Claro por trás.

A Datora, por exemplo, é uma empresa que oferece diversos serviços, além de planos de telefonia fixa e móvel. Um deles é a implementação de call centers.

Já a EUTV é a empresa responsável pela Correios Celular, por exemplo. Contudo, como usa a infraestrutura da TIM, ela é uma MVNO prestando serviço para outra MVNO.

Quanto à America Net, foca seus serviços em empresas. No caso da Vecto Mobile, é uma operadora que concentra seus esforços na Internet das Coisas (IoT) e na comunicação M2M.

E mais uma companhia famosa por atuar em outro ramo, a J Safra pertence ao grupo de mesmo nome. O grupo Safra atua no mercado financeiro há mais de 175 anos em cerca de 20 países.

Deixe um comentário

avatar