Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

Facebook admite que pagou empresas para transcrever áudios de usuários

Facebook afirmou que a análise humana de áudios já foi encerrada

Na última terça-feira, dia 13, o Facebook admitiu que pagou empresas para transcrever áudios dos usuários da Rede Social. Segundo matéria da Bloomberg, agência de notícias, os áudios escutados eram dos mais variados tipos e a única empresa terceirizada divulgada e que provavelmente fazia uma parte do serviço  é a TaskUS Inc, localizada na Califórnia e com unidades ao redor do mundo.

É importante dizer que diversas empresas, como a Google, Apple e Microsoft também estão sendo criticadas pelo compartilhamento de áudios dos usuários com terceiros e, que a questão da privacidade está cada vez mais em pauta. 

 

Conheça os planos da Claro Controle! Com eles, você pode navegar à vontade nas sua redes sociais favoritas! 

Alegação do Facebook 

Embora o Facebook tenha confirmado que estava realmente transcrevendo áudios de seus usuários, disseram que não vão mais fazer isso e que a análise humana de áudios já foi encerrada há mais de uma semana. 

Além disso, afirmaram que os usuários afetados foram os que escolheram a opção de terem clipes de voz transcritos no aplicativo do Messenger no Facebook, mas que todas as mensagens eram anonimizadas. 

Vale ressaltar que na política de uso de dados do Facebook não há nada a respeito das gravações de áudio, o que consta é que a Rede Social é permitida a coletar conteúdo, comunicações e outras informações que o usuário fornecer e também que os sistemas processam o conteúdo e as comunicações de forma automática para analisar não só o contexto, mas o que está contido nele.