icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Comparativos

Comparativo: Call Of Duty Mobile vs Free Fire

Veja as principais diferenças entre os Battle Royales para celular.

Lançado em 2019, o Battle Royale para celular Call of Duty Mobile chegou como um dos maiores concorrentes do Free Fire, um dos preferidos no estilo. Para dar uma ideia, em apenas três dias, o jogo da Activision alcançou a marca dos 20 milhões de downloads em smartphones.

Mas isso não significa que o Free Fire deva ser deixado de lado, tanto que esse foi o game mais baixado no Brasil em 2019

Antes de mais nada, é importante saber que tanto o Free Fire quanto o Call of Duty Mobile têm download gratuito para Android e iOS. Sendo assim, você pode experimentar os dois títulos sem gastar nada, o que é sempre uma boa notícia.

Agora, veja as principais diferenças entre o Call of Duty Mobile e o Free Fire:

 

Quer economizar em um smartphone para jogos? Aproveite as ofertas da loja online Claro e garanta já o seu!

Modos de jogo dos Battle Royale para celular

Uma dos pontos fortes do Call of Duty é que a versão mobile chegou bem parecida com o game para PC. Assim, quem quiser participar das batalhas multiplayer pode escolher entre quatro opções: Linha de Frente, Mata-Mata em Equipe, Dominação e Localizar e Destruir. Isso sem falar nos mapas famosos da franquia, como Crash, Hijacked e Nuketown.

No modo Battle Royale, são até 100 jogadores por partida, com oferta de vários eventos de duração limitada.

No jogo Free Fire, são quatro variações no Battle Royale: Ranqueada, clássico, 4 por 4 e Hora do Rush. A Garena também lança eventos temporários para segurar a atenção dos jogadores.

O sistema de Battle Royale é bem parecido nos dois títulos. Ao entrar nas partidas, os jogadores precisam explorar o mapa, coletar itens e participar de disputas individuais ou em equipes de duas a quatro pessoas. O nível de dificuldade pode variar de acordo com a escolha do tipo de mira e outros ajustes de jogabilidade. Entretanto, é possível notar algumas diferenças.

Em Call of Duty, você pode optar pela visão em primeira ou terceira pessoa. Porém, as alternativas de customização são mais restritas do que no Free Fire.

Requisitos do dispositivo

Um dos segredos do sucesso de Free Fire é sua simplicidade. Ao abrir mão de gráficos mais elaborados, o game pode ser baixado até em smartphones mais simples. Seus requisitos incluem Android 4.0.3 ou iOS 8 e versões superiores, RAM de 1 GB e 600 MB de armazenamento disponível.

Com visual mais avançado, Call of Duty Mobile exige Android 4.3 e armazenamento disponível de 1,1 GB ou iOS 9 com armazenamento disponível de 1,5 GB.

 

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top