Curiosidades

Como saber se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar?

Está de olho nos serviços de uma operadora mas não sabe se ela é confiável? Descubra como saber se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar!

Existem operadoras de pequeno porte, que geralmente atuam em cidades menores ou locais mais afastados. Elas costumam ser criadas a partir da necessidade gerada pela falta de cobertura das grandes operadores. Entretanto, antes de contratar qualquer serviço de telefonia ou banda larga, é preciso saber se a operadora tem autorização da Anatel.

Isso porque, sem essa autorização, a operadora pode ter seus serviços suspensos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Nesse caso, os clientes podem ser prejudicados. Imagine de repente ficar sem sinal no celular ou sem internet em casa?

Além disso, pode acontecer de operadoras clandestinas simplesmente sumirem ou aplicarem golpes em seus supostos clientes. Contudo, ninguém quer passar por esse tipo de situação, certo?

Por isso, é importante fazer a consulta para saber se a operadora tem autorização da Anatel para funcionar. Sobretudo se ela não for amplamente conhecida.

A consulta não leva muito tempo e pode ser feita no site da Anatel. É possível visualizar informações como o nome da operadora, seu endereço e seu telefone.

Quer descobrir como saber se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar? Confira a seguir um passo a passo para acessar a lista de empresas que a Anatel permite operar no Brasil.

Como saber se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar?

Para começar a consulta de operadoras autorizadas para funcionar, é preciso acessar o site da Anatel. No menu que fica na lateral esquerda da tela, busque pela opção “Setor Regulado”. Em seguida, clique em “+ Mais” para visualizar mais opções.

Na página Setor Regulado, busque pela opção “Outorga”, no menu lateral esquerdo. No entanto, será necessário clicar na seta apontada para baixo para expandir o menu.

Então, clique em “Lista de Autorizados”. Contudo, serão exibidas algumas listas para consulta. Entre elas, há a opção de saber se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar.

As listas estão divididas por tipo de serviço. Basicamente, se uma operadora está em uma dessas listas, é porque tem autorização da Anatel para funcionar.

No geral, as operadoras de pequeno porte e menos conhecidas ficam em “Prestadoras do Serviço de Comunicação Multimídia – SCM”.

Entretanto, existe a opção de visualizar as operadoras que têm autorização da Anatel para funcionar por ordem alfabética ou por região.

Porém, vale destacar que o nome das operadoras aparecerá na lista de acordo com a sua razão social. Contudo, nem sempre as empresas usam o mesmo nome com que foram registradas.

Sendo assim, é possível que você precise pesquisar para saber qual é o nome de registro da operadora que quer contratar.

Caso busque pela operadora e não encontre, existem algumas possibilidades. Uma delas é a empresa não ter autorização da Anatel para funcionar. Já a segunda é, justamente, ela usar outro nome para fins comerciais.

Além disso, a lista costuma ter diversas páginas, que podem ser passadas na opção encontrada no fim da página. Pode ser que a operadora que você busca não esteja na primeira tela. Dessa maneira, será necessário ir passando até encontrar.

Contudo, a lista traz informações que podem ser bastante úteis para o consumidor. Além de saber se a operadora tem autorização da Anatel para funcionar, é possível visualizar seu endereço e telefone.

O que levar em consideração antes de contratar uma operadora?

Bom, agora você já sabe como descobrir se uma operadora tem autorização da Anatel para funcionar. No entanto, é importante destacar que, antes de contratar um serviço de telefonia móvel ou banda larga, é preciso observar outros pontos também.

Depois de saber se a operadora tem autorização da Anatel para funcionar, é a hora de pesquisar mais sobre a empresa. Faça pesquisas em sites como Reclame Aqui para saber se existem reclamações contra a operadora e quais são elas.

Além disso, buque pela operadora no JusBrasil para saber se existem ações judiciais contra ela também. Contudo, outra dica é procurar pela empresa nas redes sociais e observar o que os clientes dizem sobre ela.

Se, depois de checar todas as informações sobre a operadora, você decidir que é um bom negócio contratar seus serviços, é hora de observar as suas necessidades.

Nós já falamos aqui no blog sobre o que é preciso levar em consideração antes de contratar uma operadora de banda larga. Além disso, demos dicas para contratar o plano de celular ideal.

Sendo assim, é importante ter em mente alguns pontos, como as suas necessidades. Isso porque você vai precisar escolher, por exemplo, a quantidade de dados de internet de um plano de celular. No caso da internet banda larga, é necessário decidir qual vai ser a velocidade da conexão.

No entanto, também vale ficar de olho nas tecnologias oferecidas pelas operadoras. Por exemplo, a conexão da banda larga pode por cabo, até mesmo por fibra ótica. Além disso, a conexão com a internet pode ser via satélite. Contudo, também existe a internet via rádio.

É importante saber como cada tecnologia funciona para contratar o serviço que melhor vai atender as suas necessidades. No caso da telefonia móvel, a conexão pode ser através de redes 3G, 4G ou 4.5G, por exemplo.

Deixe um comentário

avatar