Curiosidades

Como é calculado o frete na loja online?

Cobrança de entrega varia de acordo com peso e transporte usado pelas lojas online

Fazer compras pela internet é uma das grandes praticidades dos tempos atuais. Com essa alternativa, nos livramos de lojas cheias e estacionamentos lotados. Só o que precisamos fazer é entrar no site da loja, escolher o produto e esperar a entrega, sem sair de casa!

Além disso, muitas lojas online costumam oferecer boas promoções e condições de pagamentos para as compras pela internet. O que faz sentido, se considerar que, na compra online, vários custos são eliminados, como o aluguel de uma loja física.

Porém, tem uma taxa das compras online da qual nem sempre é possível escapar: o frete. Sim, receber o produto na sua casa tem um custo extra, literalmente.

Normalmente, o valor do frete aparece pouco antes de você finalizar a compra, e é calculado pelas lojas online de acordo com o CEP de entrega.

 

Mas qual o cálculo que as lojas online fazem para cobrar o frete?

 

Não existe uma regulamentação que defina as regras para cobrança de frete das lojas online. Logo, cada comerciante pode aplicar os cálculos como achar mais vantajoso. Mas uma taxa de entrega muito alta pode ser responsável pela desistência da compra do produto. Dessa forma, o ideal é encontrar o menor custo possível para ambos os lados, ou seja, comprador e loja.

No caso dos serviços de entregas dos Correios, o custo considera o peso e as dimensões das encomendas, que são combinadas na unidade chamada de peso cúbico. Para calcular o peso cúbico de um produto, as dimensões de comprimento, altura e largura são multiplicadas e esse resultado é dividido pelo coeficiente 6.000.

A partir do peso cúbico, é realizado o cálculo de acordo com o método de entrega (Sedex ou PAC, por exemplo) e o local de entrega.

O envio de produtos pelos Correios tem algumas restrições. Por exemplo, o peso não pode passar dos 15 Kg, e a soma das dimensões não pode ser maior do que 200 cm. Caso a encomenda ultrapasse esses limites, a loja deve optar por uma transportadora particular.

Além das variações de peso, o local de saída e destino do produto também influenciam na cobrança do frete. Afinal, quanto menor a distância, menor será o valor do transporte. Isso vale para serviços dos Correios ou de empresas particulares.

 

Lojas maiores têm mais facilidade em reduzir o preço do frete

 

Com o crescimento das compras pela internet, os serviços de entrega tiveram que acompanhar o ritmo. Dessa forma, as lojas com grandes volumes podem fazer contratos com os Correios ou com empresas particulares de transportes, que ajudam a reduzir o valor do frete.

Além disso, grandes lojas costumam ter centros de distribuição espalhados por vários pontos do país. Isso ajuda a empresa a manter as taxas de frete mais baixas para um maior número de localidade, além de prazos menores.

Essas facilidades também permitem que as cadeias maiores ofereçam promoções com frete grátis ou até não cobrem a entrega de todos os produtos de um mesmo carrinho de compras.

Para evitar que o cliente desista da compra por causa da taxa de frete, as lojas costumam oferecer opções de diferentes valores. Dessa forma, se você estiver disposto a esperar um pouco mais, pode economizar.