icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Notícias

Claro: operadora ganha permissão para entrar no compartilhamento de redes entre Vivo e TIM

CADE autorizou participação da Claro no acordo firmado entre concorrentes.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE – autorizou a participação da Claro na parceria de compartilhamento de rede acordada entre Vivo e TIM. 

Divulgado em dezembro de 2019, esse acordo das operadoras TIM e Vivo prevê o compartilhamento das redes 2G, 3G e 4G. Segundo o anúncio, o objetivo é expandir o alcance da internet móvel das empresas para mais localidades no Brasil. 

A alegação da Claro é que o acordo firmado entre suas concorrentes é mais amplo do que o chamado ran sharing. Nesse caso, o objetivo seria apenas ampliar a cobertura e, consequentemente, o número de operadoras presentes em algumas localidades.

Porém, a Claro afirma que, com base em relatório apresentado pela própria TIM, a parceria atual pode resultar no desligamento de parte da infraestrutura já instalada pelas concorrentes. Essa ação pode reduzir a rede existente, o que levaria a um impacto maior no mercado.

Além disso, segundo o pedido da Claro, o atual acordo abriria caminho para interações adicionais entre TIM e Vivo sobre a definição de quais redes seriam desativadas.

Sendo assim, o CADE deu parecer favorável à Claro, que pode participar do acordo de compartilhamento de rede móvel. A operadora solicitou, ainda, que alguns pontos da negociação sejam esclarecidos e que operadoras menores sejam ouvidas sobre esse compartilhamento.

Assine agora o plano Claro Controle com redes sociais e WhatsApp ilimitado e tenha o melhor dos planos Controle!

O que diz o acordo entre Vivo e TIM

Segundo a divulgação realizada pelas operadoras TIM e Vivo, o compartilhamento prevê uso de uma infraestrutura única para a rede 2G. Essa medida teria impacto em cerca de 2.700 municípios brasileiros e desativação de sobreposição entre instalações das empresas nessas regiões.

 

 

Já para redes 3G e 4G, as operadoras devem ceder sua rede em locais em que a outra parte não está presente. A previsão é que essa iniciativa alcance mais de 800 municípios em todo o país.

Quer economizar no seu plano de celular e banda larga? Confira aqui as melhores ofertas da semana!

voltar para o top