Curiosidades

Avaliação das operadoras de telefonia segundo o Reclame Aqui

Confira o ranking com a nota das operadoras de telefonia no Reclame Aqui. Saiba ainda como é formada essa nota e por que algumas operadoras não se saíram bem.

O Reclame Aqui é um dos maiores sites de reclamação de clientes e usuários de serviços como telefonia móvel, fixa e banda larga. Por isso, é importante conferir a avaliação das operadoras de telefonia segundo o Reclame Aqui antes de fazer a contratação de um plano.

Entretanto, as empresas e marcas não são obrigadas a responder as queixas feitas através do Reclame Aqui se não quiserem. Contudo, a plataforma ainda é uma boa maneira de pressionar para ter um problema resolvido.

Basicamente, qualquer pessoa maior de idade pode registrar uma ocorrência no Reclame Aqui. Quando vai para o ar, todos podem consultar a queixa no site. Sendo assim, o Reclame Aqui acaba sendo uma fonte de pesquisa para muitas pessoas antes de fechar um negócio.

Se esse é o seu caso, e você quer saber a avaliação das operadoras de telefonia segundo o Reclame Aqui, acompanhe a leitura. Listamos as principais provedoras do serviço que atuam no Brasil.

A consulta foi feita no fim do mês de outubro de 2018 e considera as reclamações abertas nos últimos 12 meses. Entretanto, todos os números podem sofrer variações periódicas. Isso porque as reclamações chegam a todo momento, e as operadoras trabalham para solucionar os problemas diariamente. Confira!

 

Ranking de avaliação das operadoras de telefonia segundo o Reclame Aqui

 

Veja abaixo a lista com a avaliação das operadoras de telefonia segundo o Reclame Aqui. Contudo, é importante acompanhar a leitura para descobrir como essa nota é formada e por que algumas são tão baixas.

1. Algar Telecom: 8,07

2. Nextel Telecomunicações: 7,09

3. Sercomtel: 4,86

4. Oi Móvel, Fixo, TV: 2,75

5. TIM Celular: 2,21

6. Claro: 1,87

7. Vivo: 1,81

 

Como é formada a nota no Reclame Aqui?

person using laptop computer

Quer entender como o Reclame Aqui chegou às notas apresentadas acima? Vamos lá! Segundo a plataforma, é levado em consideração o Índice de Resposta (IR), em que só a primeira resposta é considerada, além da Média das Avaliações (MA), que são notas de 0 a 10 dadas pelo consumidor ao atendimento prestado.

Além disso, o site também observa o Índice de Solução (IS), que são as reclamações que foram finalizadas e receberam avaliação do consumidor.

Contudo, um fator também muito importante é o Índice de Novos Negócios (IN), que leva em consideração a porcentagem de consumidores que afirmam que voltariam a fazer negócio com a empresa mesmo depois de ter aberto uma reclamação.

Entretanto, esses fatores têm pesos diferentes para compor a nota final. Contudo, é importante observar que, quando uma empresa não responde ao menos 50% das reclamações do Reclame Aqui, é considerada como Não Recomendada. Essa é uma maneira de não favorecer aquelas marcas que simplesmente não respondem seus consumidores pela plataforma.

Além disso, se não houver mais de 10 avaliações, a empresa fica marcada como Sem Índice, pois o Reclame Aqui entende que não há quantidade suficiente de reclamações para formar uma nota sobre o atendimento da empresa.

 

Por que as operadoras têm nota baixa no Reclame Aqui?

 

Você deve ter reparado que grande parte das operadoras tem nota muito baixa. Todavia, acabam sendo classificadas como “não recomendadas” pelo Reclame Aqui. No entanto, isso não quer dizer que a operadora é ruim.

Como explicamos sobre a formação da nota no Reclame Aqui, só o fato de não responderem pelo menos 50% das queixas já coloca a operadora com essa classificação.

E como as empresas não são obrigadas a responder seus clientes pelo Reclame Aqui, acabam também não tendo seu atendimento avaliado. Ou seja, as pessoas não retornam para dizer se ficaram satisfeitas ou se voltariam a fazer negócio. E como esses são fatores que também influenciam na nota do Reclame Aqui, ela acaba ficando muito baixa.

Por exemplo, a primeira colocada, a Algar Telecom ocupa esse posto, principalmente, por ser bastante ativa no Reclame Aqui. Das quase 5 mil reclamações sobre a operadora no momento da consulta, todas haviam sido respondidas.

Com isso, os clientes puderam avaliar o atendimento e responder a questões como “voltaria a fazer negócio?”. Para essa pergunta, 81,2% dos clientes disseram que sim. Quanto ao índice de solução, ficou em 92,2%.

Já a Vivo, que ficou em último lugar no ranking, tem mais de 80 mil queixas registradas no Reclame Aqui. Entretanto, nenhuma foi respondida. Com isso, apenas 34,2% das pessoas voltaram para avisar que o problema foi solucionado. Além disso, apenas 23,3% afirmaram que voltariam a fazer negócio.

Vale destacar que o fato da Vivo não responder através do Reclame Aqui não quer dizer que ela deixe de prestar atendimento a seus clientes. Pelo contrário, a Vivo conta com diversos canais de atendimento que podem ser utilizados.

Contudo, outra maneira de contatar a Vivo ou outra operadora que não use o Reclame Aqui é fazendo uma reclamação na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por lá, as empresas são obrigadas a dar uma resposta aos clientes em tempo hábil.

Deixe um comentário

avatar