Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Xbox

Assassins Creed Odyssey – Review

Conheça os detalhes por trás do jogo que faz você se sentir na pele de um mercenário espartano, em meio a guerras na Grécia Antiga

Distribuído pela empresa francesa Ubisoft e desenvolvido por sua subsidiária canadense, a Ubisoft Quebec, o Assassin’s Creed Odyssey, lançado em outubro de 2018 para Xbox One, Microsoft Windows, PlayStation 4 e Nintendo Switch, é a décima primeira edição da série de jogos de ação e aventura Assassin’s Creed, que teve início em 2007.

Depois de passar por convulsões sociais da Independência dos Estados Unidos e da Revolução Francesa, em Assassin’s Creed III (2012) e Unity (2014), sem agradar nem gregos nem troianos, a série deu a volta por cima e encontrou novamente as graças da sua base de fãs com Black Flag, que se passa em 1775, no auge da pirataria nos mares do Caribe, acertando o tom também em Origins, de 2017, cuja história tem o Egito Antigo como pano de fundo.

No novo lançamento da série, a história se passa no ano de 431 antes de Cristo; 400 anos antes dos eventos de Assassin’s Creed Origins. O game leva os jogadores para uma jornada épica à Grécia Antiga, sob a perspectiva de mercenário de Esparta. Com muita ação, exploração, batalhas navais e belos cenários, o game promete manter a mesma qualidade das últimas edições.

Confira abaixo uma análise do Assassin’s Creed Odyssey, novo lançamento da Ubisoft.

 

Aproveite a melhor experiência multijogador no seu Xbox com o Xbox Live Gold e mais de 100 jogos no Xbox Game Pass!

 

História

 

Em Odyssey, os jogadores assumem o papel dos personagens Kassandra ou Alexios, mercenários descendentes diretos do rei Leônidas de Esparta, figura histórica representada no cinema, pelo filme “300”. O game se passa na ilha de Cefalônia, onde, já no começo do jogo é possível realizar deslocamentos a pé ou a cavalo.

Os protagonistas desenvolvem-se em três grandes narrativas ao longo do game. No começo, Kassandra ou Alexios precisam reunir os membros da sua família, depois que uma série de fatos trágicos ocorridos no passado fizeram com que eles se afastassem. Na medida em que a trama avança, os protagonistas entram com contato com fatos desconhecidos sobre sua verdadeira origem.

 

Jogabilidade

 

A jogabilidade de Assassin’s Creed Odyssey é um dos pontos altos do game, com destaque para as batalhas navais. Os combates individuais podem ser feitos por meio de diversos tipos de armas, com golpes em diferentes intensidades.

Uma dica para se dar bem no jogo é evitar ir diretamente para cima dos inimigos. Mantenha uma certa distância nos primeiros golpes, com o objetivo de impedir ataques que podem levar rapidamente ao game over. Além disso, lembre-se de que uma boa esquiva é essencial para o jogo. Ela faz com que a ação fique em câmera lenta, deixando, momentaneamente, os bloqueios dos adversário mais vulneráveis.


Modo Exploração e Modo Guiado

 

O lançamento traz a possibilidade de jogar em dois diferentes modos: exploração e guiado. Segundo a própria fabricante, o modo exploração apresenta uma melhor experiência para o jogador, na medida em que descobre regiões, missões e outros personagens por si próprio, contando apenas com algumas orientações relativas às direções necessárias concluir a exploração do mapa. O modo guiado mostra os objetivos e missões na tela, assim como nas versões anteriores da série.

 

Árvores de habilidade

 

Outro ponto importante do game são as três árvores de habilidade que o jogador por investir. O primeiro é o Caçador, que possui um perfil focado em exploração e sobrevivência. O Guerreiro, segunda opção, dispõe de melhor agilidade no enfrentamento mano a mano, além de ser mais resistente a ferimentos. Por último, o Assassino ajuda a intensificar os danos de golpes contra o inimigo, melhorando também a destreza do personagem.

 

Gráficos

 

Por fim, o aspecto gráfico de Assassin’s Creed Odyssey não deixa a desejar. A Grécia Antiga é muito bem apresentada no game. São ricos os detalhes de suas ilhas, terrenos acidentados, além de praias com visual paradisíaco. Destaque para o realismo impresso no movimento da água do mar, especialidade dos estúdios Ubisoft.