Dicas

5 dicas para escolher o seu plano de celular ideal

Comparar os preços e dividir o pacote com a família são só algumas dicas para escolher o seu plano de celular ideal. Veja mais!

As operadoras de telefonia móvel estão em constante evolução e, por isso, atualizam seu portfólio com frequência para ganhar cada vez mais clientes. E, com tantas opções, pode ficar difícil saber como escolher o seu plano de celular ideal.

No entanto, existem maneiras de fazer a escolha certa, de maneira que os serviços oferecidos atendam as suas necessidades, sem custar caro demais. Para te ajudar, esta lista traz as 5 principais dicas para escolher o seu plano de celular ideal. Confira a seguir:

1 – Saiba quantos gigas de internet precisa por mês

A primeira dica para escolher o seu plano de celular ideal é saber de quantos gigas de internet você precisa por mês. Hoje em dia, essa é a informação mais relevante na hora de contratar um pacote de celular, já que as pessoas têm usado mais a internet no telefone do que outros serviços como ligações e SMS. E a tendência é que a internet seja cada mais importante na vida dos usuários!

Sendo assim, observe o seu uso do celular para saber de quantos gigas o seu plano de telefonia precisa ser. Caso você já tenha um pacote, verifique o consumo da internet no aplicativo da operadora. Também é possível encontrar essa informação nas configurações do seu smartphone, por exemplo.

Não é por que uma operadora oferece 10 GB ou 15 GB de internet em um plano de celular que ele é o melhor para você, por exemplo. Se você só usa 3 GB ou 5 GB, não vale a pena pagar por um plano tão caro e completo se não vai usar nem a metade do que ele oferece.

Também não é recomendável contratar um plano de celular com uma franquia de internet menor do que a quantidade que você costuma consumir. Isso porque, ao chegar ao fim, é muito provável que você queira contratar uma franquia a mais para não ficar sem internet até o dia da renovação do pacote de dados.

Dessa maneira, vai acabar gastando mais do que o previsto. Além disso, a contratação de um pacote adicional pode sair mais caro do que mudar de vez para um plano de celular com uma franquia de dados adequada para o seu consumo.

2 – Leve em consideração os minutos que precisa para falar

Muitas operadoras oferecem planos de celular com ligações ilimitadas. Alguns têm ligações livres para a mesma operadora ou apenas para chamadas locais. Já outras operadoras contam com pacotes mais completos, com ligações ilimitadas para outras operadoras e até para outros estados.

No entanto, alguns planos oferecem uma quantidade limitada de minutos para falar. Podem ser 100 ou 300 minutos, por exemplo. É importante observar direitinho se as ligações são limitadas a uma quantidade de minutos ou se são ilimitadas, e quais são as condições: locais, interurbanas, para outros celulares, entre outras.

Esteja atento à sua necessidade de usar o celular para fazer chamadas. Se você é do tipo que gosta de conversar pelo telefone ou precisa da linha para trabalhar fazendo chamadas, verifique com a sua operadora atual quantos minutos costuma consumir e como esse serviço tem sido usado.

Caso ainda não tenha um plano de celular, pense em quanto tempo pretende passar por dia no telefone e calcule os minutos que vai precisar para falar no pacote que vai contratar.

3 – Planos oferecem até roaming e ligações internacionais

Muitas operadoras oferecem roaming nacional gratuito. Isso quer dizer que elas não cobram uma taxa se você usar o celular fora da cidade em que ele está registrado. Essa pode ser uma vantagem e tanto para as pessoas que vivem viajando, seja a lazer ou a trabalho!

E algumas operadoras ainda vão além, oferecendo pacotes de celular com roaming internacional incluso, e ainda minutos para falar mesmo se estiver fora do país. Essa pode ser a melhor opção para quem precisa fazer viagens internacionais com frequência.

No caso da Claro, há o Passaporte Américas e o Passaporte Europa, que oferecem uso do pacote de internet como se estivesse no Brasil, além de ligações ilimitadas para o Brasil e para números do país que está visitando, de acordo com o plano contratado.

4 – Precisa de dependentes? Planos podem ser para toda a família

Outra dica para escolher o seu plano de celular ideal é levar em consideração quantas pessoas da família têm pacotes de telefonia móvel, e se é possível contratar um só plano e dividir entre os membros.

Geralmente, os pacotes que podem ser divididos com mais pessoas são planos pós-pagos e um pouco mais caros. Na Vivo, por exemplo, os chamados Planos Pós Família contam com até 70 GB de internet que podem ser usados por, no máximo, cinco pessoas, sem custo adicional por linha.

Apesar de custar mais, o preço pode compensar, dependendo de quanto custa o plano de celular atual de cada membro da família. Então, antes de contratar um pacote novo, confira se outras pessoas estão dispostas a dividir com você, e se o valor e os serviços oferecidos pelo plano compensam para todos.

5 – Compare os preços para não pagar caro demais

Por fim, e não menos importante, a quinta dica para escolher o seu plano de celular é comparar os preços dos planos para não pagar mais do que deveria. No comparador do Celular Direto, por exemplo, você consegue selecionar o que deseja que seu plano tenha, como quantidade de gigas, preço e forma de pagamento.

Depois, consegue ver as operadoras que oferecem o serviço e pode comparar os preços dos planos de cada uma delas. Assim, você pode escolher o plano que mais te agradar e não pagar caro demais pelos serviços.

Deixe um comentário

avatar