Dicas

5 dicas para controlar os gastos extras na sua conta de celular

Não escolher o plano de celular ideal pode ser uma das causas dos gastos em excesso. Confira 5 dicas para controlar os gastos extras na sua conta de celular!

Muita gente acaba gastando mais do que deve com o celular por puro descontrole ou simplesmente por não ter contratado um pacote compatível com o uso que faz dos serviços da operadora. Por isso, na lista a seguir, você confere 5 dicas para controlar os gastos extras na sua conta de celular e não precisar comprar mais internet ou outros serviços antes da renovação do seu pacote. Confira!

1 – Saiba de quanto você realmente precisa

Antes mesmo de contratar um plano de telefonia móvel, é preciso entender quais são as suas reais necessidades. Isso evita que você precise se desdobrar para controlar os gastos extras na sua conta de celular mais à frente.

Observe se você usa muito a internet móvel ou se faz muitas ligações. No primeiro caso, o aplicativo da própria operadora costuma fornecer dados sobre o consumo da internet móvel, o que pode nortear o entendimento sobre a quantidade necessária de dados por mês antes de fazer a contratação do plano ideal.

Outra dica para controlar os gastos extras na sua conta de celular é estar atento às ligações que faz: são locais ou interurbanas, para telefones fixos ou celulares? Faça uma lista com tudo o que precisa que o seu plano de telefonia tenha para contratar o pacote ideal. Liste, inclusive, quanto tempo costuma gastar nas ligações.

 

2 – Use um comparador para encontrar o plano ideal

Alguns comparadores de plano de telefonia móvel ajudam a encontrar o pacote ideal para as suas necessidades, depois, é claro, de você já ter entendido do que realmente precisa em um pacote. No comparador do Celular Direto, por exemplo, você pode escolher a região em que está ou que vai usar o plano de celular, além de escolher entre diversos filtros.

É possível selecionar uma operadora específica, ou mais de uma de sua preferência. Além disso, dá para escolher a quantidade de dados móveis que o seu plano precisa ter, a faixa de preço que deseja pagar e até a forma que quer efetuar o pagamento (boleto bancário ou cartão de crédito, por exemplo).

Depois de selecionar os filtros desejados, você vai ver todos os planos oferecidos pelas operadoras que se enquadram nas suas necessidades. Alguns itens importantes também ficam à mostra, como quantidade de mensagens de texto (SMS) inclusas no pacote e aplicativos exclusivos que, em alguns casos, têm uso que não consome dados da franquia contratada.

 

3 – Fique atento às promoções de planos de celular

A competição entre as operadoras de telefonia móvel que operam no Brasil tem feito com que elas lancem muitas promoções, que podem ser bastante interessantes para o consumidor.

Um detalhe que pode fazer toda a diferença, nesse caso, é a facilidade para fazer a portabilidade entre operadoras e planos. Claro que isso vai depender do contrato firmado com a sua operadora atual.

Isso porque algumas exigem que se passe uma quantidade de tempo mínimo com o plano contratado. Esse prazo costuma ser de um ano (12 meses). Depois disso, o consumidor geralmente está livre para escolher outro plano ou operadora.

No caso de promoções de planos de celular não se deve levar em consideração somente o preço cobrado por uma determinada quantidade de dados móveis ou minutos para falar. Outros benefícios concedidos pelas operadoras podem fazer toda a diferença na hora de controlar os gastos extras na sua conta de celular.

Um exemplo são os planos que oferecem uso de alguns aplicativos sem descontar da franquia de dados. Os apps geralmente são WhatsApp, Facebook Messenger e até algumas redes sociais, como Instagram e Twitter. Se você usa muito essas aplicações, pode ser interessante optar por um plano que ofereça o benefício.

Como as operadoras fazem mudanças constantes em seus portfólios, geralmente acrescentando benefícios aos planos, é importante ficar de olho e mudar sempre que achar outro pacote é mais vantajoso ou vai te ajudar a controlar os gastos extras.

 

4 – Escolha um plano que limite o uso

Controlar os gastos extras na sua conta de celular fica muito mais fácil se o uso do plano não for ilimitado, como é o caso de alguns planos pós-pagos, por exemplo. Em planos como os chamados controle e pré-pagos, o uso é limitado à quantidade de crédito colocada no celular, ou à quantidade de minutos e dados móveis contratados.

No caso dos planos pré-pagos, por exemplo, o cliente coloca uma quantidade de créditos e vai consumindo até que eles chegam ao fim. Depois disso, não é mais possível usar os serviços da operadora. Sendo assim, você sabe exatamente quanto tem para gastar e sabe ainda que esse valor não vai ser extrapolado.

Já no caso dos planos controle, o usuário paga um valor por mês para ter uma quantidade limitada de serviços. Se todos os minutos e dados móveis contratados chegarem ao fim, mais um vez, não será cobrado nada a mais, mas os serviços serão suspensos até a data da renovação do pacote.

 

5 – Use o Wi-Fi sempre que possível

Uma das principais dicas para quem quer controlar os gastos extras na sua conta de celular é usar a internet Wi-Fi sempre que possível. Isso porque, atualmente, as pessoas costumam usar mais a internet do que SMS ou ligações, por exemplo. Então, os gastos com a internet tendem a ser os grandes vilões no orçamento dos usuários com a conta do celular.

Sendo assim, quando estiver na casa de alguém, no trabalho, em casa ou em alguma loja ou estabelecimento comercial, verifique a possibilidade de usar a rede Wi-Fi do local em seu celular para economizar os seus dados móveis e evitar que seja preciso comprar mais internet antes da data da renovação do seu pacote.

Deixe um comentário

avatar