icone office 365

R$40 de desconto no Office 365 com o cupom: CD40

Teste de velocidade

5 atitudes comuns que facilitam com que seu Instagram seja hackeado

Comece hoje mesmo a evitar certas atitudes que deixam o seu Instagram menos protegido

O Instagram, embora seja um rede social considerada segura, sofreu diversos ataques de hackers nos últimos anos. Ter uma conta pessoal ou empresarial hackeada é uma grande dor de cabeça e gera preocupação, já que desconhecidos vão ter acesso a informações que muitas vezes são sigilosas. 

É importante destacar que, na maioria dos casos, os usuários identificam que foram hackeados pois percebem que não estão mais logados na conta e, quando tentam logar, não conseguem, pois os dados foram modificados. 

Você sabia que existem 5 atitudes comuns que os usuários tomam que deixam o Instagram mais vulnerável à esses ataques de hackers? Pois é! 

Confira abaixo 5 atitudes comuns que deixam a sua conta do Instagram, seja ela pessoal ou profissional, mais propícia a ser hackeada. 

Senha muito fácil de ser descoberta

Senhas muitos fáceis de serem descobertas deixam as contas do Instagram mais vulneráveis a serem hackeadas. Pode parecer besteira, mas uma senha complexa pode ser o fator decisivo para que a sua conta seja ou não hackeada. 

Por isso, opte por proteger as suas contas com senhas que contenham diferentes caracteres, como número e símbolos. 

Uso de e-mail que não é seguro

Muitas vezes, as pessoas conectam o perfil do Instagram a um endereço de e-mail que já sofreu invasões e ataques. Nesse caso, é importante destacar se o email for hackeado novamente, as chances do hacker conseguir entrar na sua conta do Instagram são ainda maiores.   

Por este motivo, certifique-se que o email conectado ao perfil do Instagram é seguro e também não se esqueça de criar uma senha complexa para ele. 

Permissão para outros aplicativos acessarem a sua conta

Existem diversos aplicativos que pedem permissão para terem acesso a outros aplicativos instalados no smartphone e, muitos usuários, simplesmente autorizam sem questionar. O resultado é que esses aplicativos, como o Instagram, por exemplo, ficam mais vulneráveis. 

É sempre aconselhável pesquisar antes de permitir que aplicativos tenham acesso a outros já instalados no smartphone. 

Links enviados em chats privados

Links enviados por desconhecidos em chats privados devem ser questionáveis, mas muitos usuários optam por clicar em qualquer link que aparece, não é mesmo? 

É muito importante desconfiar desses links, mesmo que a URL possa parecer familiar. 

Salvar senha em PCs alheios

Senha é algo pessoal e, por isso, não devem ser salvas em perfis alheios. Quando o usuário vai entrar na conta do Instagram, seja no aplicativo ou no computador, é possível escolher a opção “salvar senha”, para que sempre que ele quiser entrar na conta por aquele dispositivo a senha já esteja salva. Essa só é uma boa escolha caso o computador e o smartphone seja do próprio usuário.

voltar para o top