Blog

10 coisas que você não deve fazer com a sua Smart TV

Alguns cuidados simples ajudam a prolongar a vida útil das Smart TVs e oferecem mais segurança às suas informações.

As Smart TVs vieram para ficar. Os aparelhos combinam o melhor das TVs regulares, como qualidade de imagem, com o acesso a aplicativos e outras funções online. A maior vantagem das Smart TVs é que você tem mais opção de conteúdo, além dos programas dos canais abertos ou de TVs por assinatura.

Os aplicativos pré-instalados ou disponíveis nas Smart TVs variam de acordo com o sistema operacional de cada modelo. Entre eles, os mais populares são os de streaming de filmes, séries, vídeos e músicas. Por exemplo, em alguns cliques no controle remoto, você pode acessar a Netflix, Spotify, YouTube e apps de canais de TV, como Globo Play, HBO Go e Telecine Play, para ver a programação sempre que quiser.

Sem esquecer que, para isso, é preciso que a Smart TV esteja conectada a uma rede de internet banda larga, seja pela conexão Wi-Fi ou por um cabo de rede LAN.

Essas estão entre as atividades mais procuradas em Smart TVs, mas suas possibilidades vão mais longe. Muitos modelos contam com um navegador de internet para realização de buscas online e acesso de sites variados, por exemplo.

Entretanto, assim como outros dispositivos com acesso à internet, como notebooks e smartphones, alguns cuidados são importantes para evitar danos na Smart TV. Sem esquecer daqueles cuidados que ajudam a prolongar a vida útil do aparelho.

Veja 10 coisas que você não deve fazer com a sua Smart TV e evite problemas:

 

Encontre os melhores planos de internet banda larga e escolha o ideal para você!

 

1 – Acessar redes de Wi-Fi desconhecidas

 

Smart TVs são tão suscetíveis a invasões quanto outros dispositivos com acesso à internet, como notebooks e smartphones. Sendo assim, os cuidados ao acessar as redes disponíveis devem ser os mesmos. E, como fica sempre no mesmo lugar, é até mais fácil tomar essas precauções.

Ao usar uma rede Wi-Fi para conectar o aparelho à internet, acesse apenas a sua própria rede. Caso sua internet caia por qualquer motivo, não tente acessar redes desconhecidas, o que pode abrir caminho para vírus na sua Smart TV.

2 – Não cuidar da segurança do roteador

 

Esse ponto complementa o anterior. Afinal, se a Smart TV usa o seu roteador para acessar a internet, é importante que ele também esteja seguro, certo?

Use senhas fortes, que não sejam descobertas com facilidade. Alguns programas de antivírus podem descobrir quais são os aparelhos conectados à sua rede. Faça essa verificação de tempos em tempos, para garantir que ninguém usa a sua internet sem autorização.

Para evitar que o roteador sofra ataques e invasões, invista em aparelhos com sistemas de segurança mais evoluídos.

3 – Clicar em links desconhecidos

 

Bem, os links suspeitos em Smart TVs não são tão frequentes quanto em smartphones ou notebooks. Isso vale principalmente para o uso dos aplicativos oficiais autorizados pelo sistema operacional do aparelho.

Entretanto, ao usar o navegador para acessar sites ou entrar em redes sociais, você pode esbarrar em alguns deles. Na dúvida, não clique!

4 – Não atualizar o sistema operacional

 

Além de corrigir possíveis bugs e até oferecer novas funções, a atualização dos sistemas operacionais das Smart TVs também costumam apresentar reforços de segurança. Novas ameaças podem surgir de tempos em tempos, então o ideal é que sua Smart TV esteja pronta para se proteger de todas elas.

O ideal é que você autorize a atualização automática dos softwares. Dessa forma, sempre que uma nova versão estiver disponível, o próprio sistema se encarrega de deixar os sistemas de segurança, e outras alterações, em dia.

5 – Digitar senhas de cartão e informações bancárias

 

Os sistemas de segurança das Smart TVs ainda apresentam o mesmo nível do que é visto em notebooks, computadores e smartphones. Por isso, é melhor evitar algumas atividades no aparelho, como comprar online e outras transações que exigem o número do cartão de crédito ou informações bancárias.

Como muitos aplicativos exigem uma assinatura paga, você pode realizar esse passo em um notebook ou smartphone de confiança. Em seguida, acesse o aplicativo na Smart TV por meio do login e da senha usados no cadastro.

6 – Conectar dispositivos móveis sem verificação

 

Algumas ameaças podem chegar ao sistema da Smart TV por caminhos alternativos, como as portas USB ou HDMI. Por isso, faça a conexão apenas com pen drives, HDs Externos, smartphones e notebooks seguros. É importante ter certeza de que esses dispositivos não estão contaminados por malwares.

7 – Deixar o aparelho em suportes que não oferecem segurança

 

Essa é básica, mas não custa lembrar. As Smart TVs são muito mais leves do que os aparelhos antigos, as chamadas TVs de tubo. Mas isso não significa que os cuidados com instalação possam ser menores. Aliás, muito pelo contrário! É essencial que as Smart TVs fiquem posicionadas com segurança.

Caso você use o apoio do próprio aparelho, com a Smart TVs em racks ou estantes, certifique-se de deixar um espacinho sobrando ao redor do aparelho. Como são mais leves, não é tão difícil empurrar a Smart TV, então esse espaço extra garante que o aparelho não vai cair do móvel. Ah, e não deixe de fazer a instalação correta dos apoios do aparelho, seguindo seu manual de instrução.

Já para suportes de parede, é importante que você respeite os tamanhos e pesos indicados nos suportes. Além disso, a instalação na parede também deve seguir as instruções, com os parafusos e outros elementos corretos. Se a parede ou o local de apoio forem feitos em materiais menos resistentes, como gesso ou madeira, considere o uso de placas de aço para reforçar a instalação do suporte.

Pode acreditar, mesmo que você tenha que comprar um novo conjunto de suporte e acessórios para instalação, o custo vai ser bem menor do que o de uma Smart TV nova.

8 – Passar produtos químicos na tela e nas bordas do aparelho

 

As Smart TVs são aparelhos cheios de detalhes, tecnologias e elementos eletrônicos, que trabalham juntos em busca de qualidade de imagem e outros recursos. E nada disso combina com produtos químicos, certo?

Usar detergente, sabão neutro, álcool ou lustra-móveis na sua Smart TV pode, até mesmo, causar manchas na tela. Então deixe tudo isso bem longe do aparelho! O ideal é que a limpeza seja feita, apenas, com um paninho de algodão ou microfibra seco.

Para tirar marcas das bordas ou outro ponto da estrutura, como suporte ou parte traseira, use, no máximo, um paninho de algodão levemente umedecido em água pura. Nesse caso, é indicado que você desligue o aparelho da tomada, antes de realizar a limpeza.

9 – Deixar a Smart TV exposta aos raios solares ou em espaços fechados

 

Assim como outros aparelhos eletrônicos, a Smart TV precisa ficar em locais frescos e bem arejados. Por isso, não deixe o aparelho em partes fechadas dos armários, por exemplo, ou mesmo em prateleiras com pouca circulação de ar. O ideal é que todos os seus lados tenham algum espaço livre ao redor.

Também não é indicado que o aparelho fique exposto aos raios solares. Em primeiro lugar, por questões práticas, já que o reflexo da luz solar vai atrapalhar a visualização das imagens. Além disso, a exposição prolongada aos raios solares pode causar danos aos elementos da tela, causando manchas ou outros problemas em sua estrutura.

 

10 – Esquecer das configurações de imagem

 

As configurações de imagem das TVs, como brilho, contraste e cores, nem sempre são lembradas. Mas elas podem fazer uma diferença bem perceptível na qualidade dos conteúdos que a TV exibe. E isso não quer dizer que essas configurações devem ficar sempre no máximo. Muito pelo contrário, essa prática acaba “forçando” demais alguns elementos do aparelho, o que reduz sua vida útil, e gasta mais energia elétrica.

Alguns modelos contam com o Modo de Energia, que ajusta automaticamente as configurações de acordo com a luz ambiente. Se essa função estiver disponível na sua Smart TV, pode aproveitar! Mas você também pode fazer ajustes manuais, de acordo com a sua preferência e de maneira que a imagem fique sempre confortável, e sem exigir demais do aparelho.